Recife além da Copa

 

Recife, sede da copa das confederações

Recife, capital de Pernambuco, foi uma das escolhidas para sediar a tão esperada Copa das Confederações. Para o evento (e também para a Copa do Mundo de 2014), a cidade ganhou um novo estádio: a grandiosa Arena Pernambuco. Além das partidas de futebol, sua estrutura ainda receberá shows, convenções e outras variadas competições esportivas. Construída para abrigar mais de quarenta mil pessoas, ela ainda visa revitalizar a zona metropolitana de Recife e trazer um maior desenvolvimento econômico para a região, que ainda é considerada carente.

Mas quem passará por Recife e seus arredores para ver os jogos não pode perder a oportunidade de conhecer o lugar, suas belezas e histórias. A ensolarada cidade está repleta de cultura e riquezas naturais por todos os cantos. Não perca a oportunidade de conhecê-las! Saiba aqui quais são os pontos de Recife que os turistas não podem deixar de visitar.

 

Principais atrações turísticas

Das lindas praias aos casarões do Recife Antigo, são diversas as coisas para ver e fazer. Quem deseja começar pelo litoral deve visitar a praia de Boa Viagem. Essa praia é tipicamente urbana e, por isso, muito agitada. Nela, são variadas as opções para quem vai em busca de diversão. As piscinas naturais do local são límpidas, mornas e próprias para banho. Lá é proibida apenas a prática de surf. É a mais completa de todo o estado de Pernambuco, e sua orla é cheia de quiosques, bares e quadras poliesportivas. Pela enorme quantidade de recifes, animais marinhos e embarcações naufragadas, Recife se tornou a capital brasileira do mergulho. Na praia de Boa Viagem pode ser visto o navio Mamanguape, do século XVIII. Devido a profundidade em que se encontra, sua exploração é mais recomendada aos mergulhadores experientes. Também é recomendado um curso antes da prática.

Praia de Boa Viagem
Praia de Boa Viagem

Para conhecer bem a arquitetura da cidade, marcada pelas coloridas construções holandesas, os visitantes podem optar por um tranquilo passeio de catamarã pelo rio Capibaribe. Ele passa por baixo de cinco das oito pontes que cruzam o coração de Recife. Na passagem, ainda é possível ver alguns dos principais pontos turísticos e culturais do centro da capital, tais como o Casario da Rua da Aurora, o Palácio do Governo, o Marco Zero e o Parque das Esculturas de Francisco Brennand. O último é uma atração à parte: ela conta com esculturas e diversas outras obras do artista, inspiradas na mitologia e na literatura. O lindo jardim, cheio de fontes e lagos, foi projetado por Burle Marx. O passeio dura aproximadamente uma hora e quinze minutos, e possui diversas saídas diárias.

Quem gosta das construções religiosas ficará encantado ao visitar as igrejas de Recife. Ao todo, são mais de vinte espalhadas pela cidade, algumas dentro de conventos e rodeadas por casarios coloniais. Uma das que mais atrai visitantes é a Capela Dourada, localizada no Convento Franciscano de Recife. A Capela possui suas paredes e seu teto repletos de pinturas sacras. Já o Convento Franciscano conta com uma das maiores coleções de azulejos da época em que os holandeses habitavam a cidade. Outra atração é a Igreja São Pedro dos Clérigos. Em estilo barroco, seu interior impressiona pela forma octogonal. Já ao lado dela, encontra-se um belo casario do século XIX, inteiramente reformado e lotado de bares, restaurantes e espaços culturais.

Interior da Capela Dourada
Interior da Capela Dourada

Os museus presentes na capital são variados e atraem um público bem diferenciado. Os mais famosos são o Museu do Homem do Nordeste, a Fundação Gilberto Freyre, o Instituto Ricardo Brennand, a Oficina Cerâmica de Francisco Brennand, o Memorial Luiz Gonzaga, o Museu de Arte Popular, a Casa do Carnaval, o Núcleo Afro Brasileiro, o Museu de Arte Moderna Aluízio Magalhães, o Museu da Cidade do Recife e o Museu do Estado. Neles, é possível enxergar o crescimento de Recife e todas as influências que recebeu até os dias de hoje, principalmente das artes, dos ritmos africanos e dos festivais, que enchem a cidade com os sons do frevo e do maracatu.

Os turistas que querem entrar em contato com a natureza não podem perder o Parque Dois Irmãos e o Parque da Jaqueira. No primeiro, estão presentes diversas espécies de animais, como preguiças, saguis, quatis, capivaras e uma enorme variedade de pássaros nativos da região. O segundo é uma área cheia de árvores ornamentais e frutíferas, entre elas jaqueiras, mangueiras e pitangueiras. O parque ainda conta com pistas para patinação, cooper, bicicross e uma extensa ciclovia. Outro ótimo programa é a visita ao Jardim Botânico, que abriga as mais variadas espécies da fauna e flora encontradas na Mata Atlântica e ainda oferece trilhas ecológicas.

Parque da Jaqueira
Parque da Jaqueira

 

Gastronomia

Provar os pratos típicos do estado é praticamente obrigatório para quem está em Recife. As influências indígenas, africanas e portuguesas ajudaram a formar o cardápio variado dos habitantes. Nele, um dos principais elementos é o milho: ele está presente nas pamonhas, canjicas, bolos, mungunzás e também pode ser encontrado assado ou cozido em bancas pela cidade. Se você quer parar para almoçar, as sugestões são a dobradinha ou a galinha de cabidela. Já entre os doces, os mais famosos são o bolo de rolo e o bolo Souza Leão. Os dois quitutes são consagrados, e se tornaram patrimônio cultural de Pernambuco.
Não é difícil encontrar esses pratos: nos mercados públicos de Recife, como o Mercado da Madalena, o Mercado São José e o Mercado Boa Vista, os restaurantes e bares os vendem a preços variados.

 

Hospedagem

Recife é uma cidade preparada para receber bem os turistas: hotéis e pousadas, tanto os mais caros quanto os mais baratos, podem ser encontrados em todos os cantos da capital pernambucana. Para quem quer ficar mais perto da praia, uma opção econômica é a Pousada Praia Boa Viagem. As diárias custam a partir de R$120,00, e os quartos contam com ar condicionado, televisão e frigobar. Já o Nobile Beach Class Executive, também localizado próximo à praia de Boa Viagem, possui diárias um pouco mais caras. Os quartos mais simples custam aproximadamente R$250,00 por noite (com café da manhã incluso).

 

Transporte

Ônibus
Recife possui uma frota de mais de quatro mil ônibus, divididos em dezoito empresas. As tarifas podem variar:
Dias úteis e sábados (serviços comuns): de R$2,15 até R$3,15
Dias úteis e sábados (serviços opcionais): de R$2,50 até R$4,00
Domingos: de R$1,10 até R$1,55

Metrô
O Metrô do Recife é operado pela empresa Metrorec. Atualmente, é composto por vinte e oito estações, a tarifa é única e custa R$1,60. Veja o mapa das linhas abaixo.

Metrô do Recife
Metrô do Recife

 

Táxi
Quilômetro na Bandeira 1: R$1,55
Quilômetro na Bandeira 2: R$1,85
Bagagem: R$0,20

STCP
O STCP (Serviço de Transporte Complementar de Passageiros) é um serviço regulamentado e realizado por vans e kombis. Ele atua em mais de quarenta bairros da capital pernambucana, com a operação de doze linhas. A tarifa é R$1,60.

Como chegar na Arena Pernambuco:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *