Rio de Janeiro, a cidade da final

 

Rio de Janeiro no Copa das Confederações
Ao Rio de Janeiro, considerado uma das mais belas cidades do Brasil e do mundo, ficou reservado o evento mais importante da Copa das Confederações: sua partida final. É no Maracanã que o vencedor da competição será conhecido e erguerá a taça. Para isso, o estádio está passando por intensas reformas em sua estrutura, que envolvem a cobertura de todos os assentos e outras medidas que tornarão o local mais confortável. Entretanto, ele continuará sendo o maior de todo o país, com capacidade para mais de setenta e cinco mil torcedores. Ao todo, três jogos acontecerão lá.

O Guia Viajar já possui um post falando sobre os principais pontos turísticos e atrativos do Rio de Janeiro. Mas a cidade maravilhosa possui diversos outros locais interessantes e que merecem ser visitados. Se você procura roteiros mais alternativos e igualmente fascinantes, leia estas dez dicas (baseadas em uma reportagem da revista Lonely Planet) e confira outros ponto badalados da cidade.

 

1. The Maze

O albergue The Maze foi fundado pelo britânico Bob Nadkarni, um ex-jornalista da BBC que, como muitos outros, se encantou com as belezas da cidade. O local se tornou, além de um bed&breakfast que recebe turistas de todo o mundo, uma renomada casa de jazz. The Maze localiza-se no centro favela Tavares Bastos, no Catete (lugar receptivo e totalmente pacificado, como garante o dono). A vista para a Baía de Guanabara e o Pão-de Açúcar transformam o pequeno albergue em um ponto imperdível.

  • Endereço: Rua Tavares Bastos, 414, casa 66, Catete.
  • Preço: de R$20,00 até R$40,00.

 

2. Bar Urca

O Bar da Urca é para aqueles que adoram a parte antiga do Rio. Ele propicia uma linda visão do Pão de Açúcar, além de possuir uma mureta que separa o continente da Baía da Guanabara. O cardápio conta com frutos do mar fresquinhos e pratos como bobó de camarão, cozido à portuguesa, bolinhos de bacalhau e outros petiscos, como pastéis, empadas e sardinha frita. Aberto desde 1939, o restaurante já ganhou diversos prêmios e acabou por tornar-se uma referência em culinária carioca.

  • Endereço: Rua Cândido Gaffrée, 205, Urca.
  • Preço: os pratos podem custar de R$30,00 até R$180,00.

 

3. Parque Lage

O Parque Lage oferece aos turistas momentos de calma e tranquilidade, o que o torna um bom local para passeios familiares. Ele fica bem próximo ao Corcovado e ao Jardim Botânico, e conta ainda com diversas áreas para piqueniques, lagos, jardins e trilhas. Ele também possui uma pracinha e um belíssimo conjunto arquitetônico, que abriga a Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Ao redor, você pode passar pelos cafés ou apenas aproveitar a beleza da vegetação, típica da Mata Atlântica.

  • Endereço: Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico
  • Preço: entrada gratuita.

 

4. Ateliê Chamego Bonzolândia

Esse ateliê é perfeito para quem gosta do bairro Santa Teresa. Para começar, o local foi feito em formato de bonde. Há mais de vinte anos, o artesão Getúlio Damado transforma o que muitos chamariam de lixo em belas peças artísticas. Materiais como embalagens de xampu, teclas de computador, tampinhas de refrigerante e ripas de madeira servem para que o artista mostre toda a sua criatividade aos visitantes. Ele se tornou referência no cenário cultural de Santa Teresa, e já expôs seu trabalho até na Europa.

  • Endereço: Rua Leopoldo Froes, s/n, Santa Teresa.
  • Preço: variado.

 

5. Boteco ¡Venga! Ipanema

O Venga é um belíssimo bar, com decoração e alma espanhola. Inaugurado em 2009, foi o primeiro bar de tapas tipicamente espanhol do Rio de Janeiro. Ele une o espírito carioca com a cultura das tapas, que são uma forma de servir os petiscos em pequenas porções. Um dos pratos mais tradicionais do local é o pulpo a la galega – polvo servido com batatas e páprica. Outra dica é trocar as tradicionais cervejas cariocas por uma jarra de sangria, drink típico da Espanha. O boteco também pode ser encontrado no Leblon.

  • Endereço: Rua Garcia D’Ávila, 147, Ipanema.
  • Preço: variado.

 

6. Galeria River

A Galeria River fica entre as praias de Ipanema e Copacabana e, desde os anos setenta, recebeu grande influência do estilo de vida surfista. Isso fez com que lá surgissem diversas lojas de equipamentos para o esporte. Com o passar do tempo, o local foi se tornando mais eclético, e hoje faz parte dos preferidos entre os cariocas mais alternativos. Além das variadas pranchas e parafina, hoje a Galeria River abriga lojas de skates, bicicletas, patins, acessórios para lutas e um estúdio de tatuagem.

  • Endereço: Rua Francisco Otaviano, 67, Copacabana.
  • Preço: a entrada é grátis. Nas lojas, o preço pode variar.

 

7. Feira de São Cristovão

A Feira de São Cristovão (ou Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas) traz um pouquinho da cultura nordestina ao Rio de Janeiro. Ele conta com mais de setecentas barracas dos mais variados tipos: você pode encontrar culinária típica, artesanato e literatura de cordel. Em seus dois palcos principais, são comuns as apresentações de grandes ícones da música brasileira. Das terças às quintas, o forró e o tempero nordestino podem ser conferidos das 10h às 18h. Já nas sextas, sábados e domingos, o funcionamento se estende até as 21h.

  • Endereço: Rua Campo de São Cristóvão, s/n, São Cristóvão.
  • Preço: R$3,00

 

8. Praça São Salvador

A Praça São Salvador chama a atenção por sua programação cultural. O Chorinho, organizado pelos alunos da Escola Portátil de Música, acontece todos os domingos, das 11h até a 13h30. Já nas noites de sexta e sábado, a Roda de Samba agita os visitantes com muitos clássicos da música carioca. Também vale a pena conferir os botequins que se espalham ao redor do local, como a Adega da Praça, o Bar Brasil, o Caneco 85 e o Boteco Seu Dodô. Todos são ótimos locais para fazer um lanche ou apenas beber uma cerveja gelada.
Endereço: as imediações do correspondem às ruas São Salvador, Esteves Júnior e Senador Corrêa, Laranjeiras.

  • Preço: shows gratuitos.

 

9. Bike Rio

Esse programa é para quem quer fugir do trânsito e ser um pouco mais saudável. O Bike Rio não é um local: na verdade, é um sistema de aluguel de bicicletas. Qualquer um que queira dar um passeio tranquilo pode pegar uma das bicicletas laranjas, disponibilizadas em mais de quarenta pontos da Zona Sul. Elas são ótimas para quem quer visitar a lagoa Rodrigo de Freitas, a enseada de Botafogo, ou parques como o Aterro do Flamengo. As ciclovias também permitem a locomoção de um ponto até o outro.

  • Endereço: confira o mapa das estações.
  • Preço: o uso por uma hora é gratuito. Um dia com a bicicleta custa R$5,00 e um mês inteiro sai por apenas R$10,00.

 

10. Praia do Leblon

Essa dica é para quem não quer perder as praias cariocas. A praia do Leblon é uma das mais famosas do Rio, e é uma ótima opção para passar o dia com a família os os amigos. As largas faixas de areia são propícias para a prática de esportes como o vôlei, o futvolei e o futebol. Existem diversos quiosques, bares e restaurantes espalhados por sua bela orla. Outra atração é o Mirante do Leblon, perfeito para quem procura uma vista ampla da praia e de suas vizinhas: Ipanema e Arpoador.

  • Endereço: começa no Jardim de Alá e vai até os penhascos da Avenida Niemeyer, Leblon.
  • Preço: grátis.

 

Galeria de fotos do Rio de Janeiro

 

Hospedagem

O Rio de Janeiro é a cidade brasileira que mais recebe turistas de todo o mundo. Por isso, a lista de hotéis é bem extensa. Você pode pesquisá-los por preço e localização nesse site.

 

Transporte

Ônibus
O transporte público do Rio é realizado por quarenta e uma empresas, e a frota possui em torno de oito mil veículos.
Tarifas:

  • Ônibus comuns: R$2,95
  • Ônibus com ar condicionado: a tarifa pode chegar aos R$13,50

Metrô
O metrô do Rio de Janeiro conta com quatro linhas e cerca de sessenta e cinco estações.

  • Tarifa: de R$3,50 até R$4,50

Mapa do metrô do Rio:
mapa-metro-rio-janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *