Uruguai: qualidade de vida e belas paisagens

O Uruguai, país que faz fronteira com o sul do Brasil, está entre os melhores do mundo no quesito qualidade de vida. Com menos corrupção, menos violência e mais alfabetização, é um dos melhores lugares para morar na América Latina. Suas ruas e campos lembram paisagens do interior europeu, e os habitantes recebem turistas com simpatia e respeito.

A natureza e as belas praias chamam a atenção, mas existe outro fator que atrai os visitantes: os centros de compra livres de impostos. Os free shops se concentram principalmente em cidades da fronteira uruguaia. Somando tudo isso à gastronomia rica da região, temos como resultado um pequeno e maravilhoso destino. Saiba o que ver e fazer nas principais cidades do Uruguai.

Montevidéu, capital uruguaia
Montevidéu, capital uruguaia

Montevidéu

A capital do Uruguai é cheia de história, edifícios antigos e beleza. O centro histórico de Montevidéu é uma visita obrigatória para quem passa pelo país: as construções em estilo neoclássico e art déco envolvem desde os museus até as igrejas. Um dos principais símbolos da cidade é a Catedral de Montevidéu, também conhecida como Iglesia Matriz. Ela fica em frente ao Cabildo de Montevidéu (antiga sede administrativa do país onde, hoje em dia, funciona um museu) e diante da Plaza de la Constitución. Ainda na Ciudad Vieja, está localizado o Teatro Solís, uma grandiosa casa de espetáculos aberta ao público desde 1856. Além das diversas apresentações de teatro e de música que ocorrem durante a noite, os turistas ainda podem conhecê-la por meio de uma visita guiada. O passeio de quarenta minutos conta com um guia, que conta mais sobre a história do local. Elas ocorrem de terça até domingo e custam quarenta pesos.

Catedral de Montevidéu
Catedral de Montevidéu

As ramblas de la playa também são imperdíveis: o calçadão que rodeia o Rio da Prata dá um ar extremamente europeu à cidade. São mais de vinte quilômetros de orla, que atraem turistas e visitantes de todos os estilos. Algumas das praias mais famosas são Buceo, Pocitos e Malvín. As três ficam muito próximas, e estão repletas de bons restaurantes e locais próprios para a prática de esportes aquáticos. As regatas, os jet-skis e os barcos de pesca dividem o espaço com diversos praticantes de windsurf e canoagem. Em Buceo, ainda é possível admirar o porto marítimo e o Iate Clube de Montevidéu. Outras praias mais reservadas são Carrasco, Ramírez e Cerro, ótimas para famílias e visitantes de todas as idades. Elas são cercadas pela vegetação nativa, e formam uma paisagem única durante o início da manhã e o fim da tarde. Perfeitas para tomar sol ou dar uma longa caminhada.

Outros pontos que merecem uma visita são: Puerta de la Ciudadela, Plaza Independência, Parque do Prado, Parque Rodó e Mercado del Puerto, além dos casarões antigos que hoje abrigam lojas, bares, restaurantes e pubs. Para quem deseja fazer o passeio a pé, uma boa dica é procurar o posto de informações “Paseo Cultural de la Ciudad Vieja”. Ele fica na Rua Sarandí, e o telefone para contato é (59 82) 901-8746.

Punta del Este e Colônia de Sacramento

Fora da capital, as duas cidades mais visitadas do Uruguai são Punta del Este e Colônia. A primeira é considerada o centro do turismo uruguaio, conhecida pelo seu agito e suas lindas praias. Durante o dia, os turistas procuram seu lugar ao sol na Praia Brava e na Praia Mansa, mas aqueles que procuram agitação vão à Playa Barra. A antiga vila de pescadores tem uma vida noturna extremamente badalada, com diversos bares, restaurantes, lojas e ateliês famosos. Mas além de visitar esses pontos e o tradicional Monumento Al Ahogado (conhecido como Los Dedos), os turistas não podem deixar de ir à ilha dos Lobos. O local, com mais de quarenta hectares, conta com a presença da maior colônia de leões marinhos da América Latina. Diariamente, algumas excursões de lancha saem do centro de Punta del Este e levam os visitantes até lá.

Monumento Al Ahogado
Monumento Al Ahogado

Já a Colônia de Sacramento traz paisagens históricas: fundada em 1680 pelos portugueses, ela está na lista dos Patrimônios da Humanidade segundo a UNESCO. A estadia lá garante dias tranquilos e bucólicos, aproveitando as praias e zonas rurais. Próxima ao centro, a área de casas coloniais bem preservadas, ruas de pedra, lamparinas antigas e becos dão aos turistas a impressão de que a cidade parou no tempo. Dentre os locais que merecem uma visita estão as fortificações de Colônia, as ruínas do Convento de São Francisco Xavier e Farol, a Basílica do Santíssimo Sacramento, a Praça 25 de Maio, a rua dos Suspiros, a Praça Manuel Lobo e a Pracinha do Gentil-Homem. Fora do centro histórico os visitantes podem encontrar diversos museus, entre eles o municipal, o português e o espanhol.

Basílica do Santíssimo Sacramento
Basílica do Santíssimo Sacramento

Compras no Uruguai

O Uruguai possui grandes centros de compras, muito procurados por turistas por serem livres de impostos. As cidades que mais exploram o turismo em torno dos free shops são Rivera, Chuy e Rio Branco. Dentre elas, a primeira é a mais famosa, contando com mais de oitenta lojas duty free. Nelas, é possível encontrar roupas, perfumes, sapatos, bebidas e diversos outros itens por um preço mais baixo do que em lojas brasileiras. Alguns dos principais free shops presentes na cidade são Siñeriz, Zebra e Neutral.

Gastronomia

A gastronomia do Uruguai é, em diversos pontos, muito parecida com a da Argentina e do Rio Grande do Sul. Churrasco (de carne de boi ou carneiro) e vinho são dois itens essenciais na mesa dos uruguaios. Mas a culinária da região possui outras influências muito variadas: receitas indígenas juntaram-se aos ingredientes europeus (vindos principalmente de Portugal, Espanha e Itália) e ajudaram a formar a identidade do país. Os asados, as empanadas, as massas o doce de leite fazem parte do enorme e variado cardápio do país. Entre as bebidas, o mate e a grappa são as mais consumidas.

Hospedagem

As opções de hospedagem variam de acordo com a cidade escolhida. Você pode conferir hospedagens no Uruguai nesse site.

Informações úteis

Não é necessário visto para entrar no Uruguai, apenas o documento de identidade.
A moeda oficial é o peso uruguaio, mas em free shops e alguns estabelecimentos são aceitos dólares e reais.

A cota de compras na fronteira é o equivalente a US$300,00 por pessoa.

Para mais informações, visite os sites oficiais do Uruguai: www.presidencia.gub.uy, portal.gub.uy e www.uruguaynow.com

Fotos do Uruguai


As fotos dessa galeria foram feitas por Fagner Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *