Viagem para o Uruguai: dicas para quem vai pela primeira vez

O Uruguai é um dos países da América do Sul que mais tem crescido na área de turismo. Há alguns anos, este pequeno e charmoso país vizinho vem se tornando, também, um dos destinos favoritos dos brasileiros. Se você está planejando uma viagem para o Uruguai, temos algumas dicas que vão lhe ajudar a aproveitar esse passeio – e, quem sabe, colocá-lo entre as suas viagens favoritas.

Como chegar no Uruguai

Ir de avião, claro, é a opção mais prática e rápida para chegar ao Uruguai; mas há, ainda, mais dois outros meios de transporte que você pode considerar ao definir a sua viagem: carro e ônibus.

 

  • Indo de avião: se você quer uma viagem mais rápida e confortável, a dica é comprar uma passagem aérea. O principal local de desembarque no Uruguai é o Aeroporto de Carrasco, localizado a 20km de Montevidéu. Lá você encontra conexões que levam para os pontos mais buscados do país, como Punta del Este, além de diversas outras opções de transporte (como táxi, ônibus e van).
  • Indo de carro: principalmente para quem mora na região Sul do Brasil, uma viagem de carro pode sair mais em conta. O acesso ao Uruguai se dá pelas fronteiras terrestres do país com o estado do Rio Grande do Sul, nas cidades gaúchas de Chuí, Jaguarão, Santana do Livramento e Quaraí. Entrar no país de carro é, em geral, bem descomplicado – basta estar com a documentação do veículo em dia e apresentar documento pessoal com foto.
  • Indo de ônibus: é possível chegar ao Uruguai também de ônibus. Existem linhas saindo de algumas das principais cidades brasileiras, como Porto Alegre, São Paulo, Curitiba, Joinville (SC), Camboriú (SC) e Florianópolis. O desembarque é na principal rodoviária uruguaia, o Terminal Tres Cruces, de onde também saem ônibus em direção aos principais destinos turísticos do país.

 

Formas de pagamento

Dicas para viajar para o Uruguai

Fonte: Cultura Mix

A moeda oficial do país é o Peso Uruguaio, mas vários estabelecimentos aceitam pagamento em dólar – e, alguns, até mesmo em real. Se optar por fazer a conversão do seu dinheiro para pesos, melhor não fazê-lo nas casas de câmbio do aeroporto, pois a cotação geralmente é ruim. Prefira as casas de câmbio no centro de Montevidéu, que podem oferecer condições mais vantajosas.

Em bares e restaurantes (e até mesmo ao alugar veículos), vale a pena pagar com cartão de crédito internacional, pois neste país há uma política de reembolso referente ao IVA – imposto uruguaio equivalente ao nosso ICMS – para cartões emitidos em outros países. Portanto, uma porcentagem de aproximadamente 22% do valor gasto deverá ser descontada diretamente da fatura.

 

Gastronomia uruguaia

Se você está planejando uma viagem para o Uruguai, prepare-se para gastar um pouquinho mais com a alimentação – a comida uruguaia é conhecida pelos preços altos. Claro que é possível encontrar opções mais em conta em alguns restaurantes, mas se você não pesquisar bem, pode acabar facilmente pagando R$ 100 reais por um almoço.

A gastronomia uruguaia é, em geral, bastante parecida com a do Rio Grande do Sul, principalmente por causa do seu famoso churrasco de carne bovina e ovina. Além do churrasco uruguaio, nessa viagem você não pode deixar de experimentar algumas das principais delícias típicas do país, como o chivito (uma espécie de sanduíche recheado com carnes), a parrila (churrasco grelhado) e, claro, o doce de leite, que rende uma infinidade de sobremesas imperdíveis.

Comida uruguaia

Fonte: Spoon Fork Bacon

Fotos de comida uruguaia

Fonte: IMujer

 

Onde se hospedar

A hospedagem no Uruguai é bem diversificada e os valores mudam bastante de uma cidade para a outra. No geral, os hotéis geralmente cobram as diárias em dólar, portanto você não deverá ter maiores problemas caso não queira trocar seus reais por pesos. É possível encontrar excelentes hotéis com diárias entre R$150 a R$300 por pessoa.

Uma dica legal no Uruguai é experimentar a estadia nos hostels locais, pois eles permitem uma maior inserção na cultura local – além de ofereceram diárias mais em conta. E há opções para todos os gostos e estilos, com valores entre R$30 e R$150.

Hospedagem no Uruguai

Fonte: Viver Uruguay

 

Compras no Uruguai

Você provavelmente já ouviu falar sobre as facilidades de se comprar diversos produtos (especialmente os importados) na fronteira uruguaia. E, realmente, esse é um dos pontos que mais atraem turistas para o Uruguai, pois lá é possível comprar muito com preços convidativos e “livres” de impostos.

Compras no Uruguai

Fonte: Best Sul Turismo

Há dois principais pontos de comércio na fronteira do Uruguai com o Brasil: as cidades de Rivera e Chuy, que são repletas de centros de compras e estabelecimentos tax free. Você encontra os mais variados itens com excelentes preços, desde roupas e cosméticos até eletrônicos e alimentos. Só é preciso ter atenção com a cota de compras: você pode gastar no máximo 300 dólares e deverá apresentar nota fiscal das mercadorias ao passar pela Polícia Federal na fronteira.

Agora que você já sabe algumas das principais dicas sobre o que precisa saber ao viajar para o Uruguai pela primeira vez, basta escolher os seus pontos turísticos uruguaios favoritos e fechar o seu roteiro. Essa tem tudo para ser uma viagem inesquecível!

 

Compartilhe este artigo

Artigos Recentes

Comente!

© 2017 Guia Viajar. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Powered by WordPress · Designed by Theme Junkie