Afinal, qual a melhor época para viajar para o Chile?

O estreito e longilíneo país é um dos roteiros obrigatórios para quem quer desbravar as belezas da América do Sul. Com parques e reservas naturais incríveis e praias com águas cristalinas, a maior dúvida de quem quer visitar o Chile é, justamente, qual a melhor época do ano para viajar e aproveitar tudo que o lugar tem a oferecer.

A pergunta é bastante relativa, isso porque a resposta varia conforme as preferências de cada um. A vantagem para decidir o roteiro de viagem ao território chileno é que as estações do ano são equivalentes às brasileiras. Isto é, se a pessoa prefere calor ao frio, pode optar por viajar em janeiro e incluir praias de água azul turquesa na sua programação – uma dica é a distante e paradisíaca Praia de Anakena, na Ilha de Páscoa.

Viajar para o Chile

Fonte: Viagem e Turismo Abril.

O mesmo acontece com quem é apaixonado pelas estações mais geladas, afinal, o país tem pontos fabulosos para esquiar e apreciar a neve, como a estação El Colorado, na Cordilheira dos Andes. Para os amantes do frio, julho é o mês perfeito para conhecer o Chile.

Viagem para o Chile - época

Fonte: Mogi Travel.

Para aumentar as percepções da região chilena e auxiliar na escolha ideal do seu percurso de viagem, separamos seis locais turísticos inesquecíveis para agradar tanto quem adora desbravar horizontes com sol forte e pouca roupa, como quem prefere muita neve e cachecóis grossos.

 

Roteiros no Chile para quem curte estações com altas temperaturas

Há quem prefira conhecer lugares novos com trajes leves, sol forte e brisa fresca, tudo isso enquanto conhece paisagens lindas e águas translúcidas. Se esse é seu perfil, vamos indicar três locais que você não pode deixar de conferir no Chile.

 

 

Praia de los Enamorados (Quintero)

 

Quem pretende viajar para o Chile acompanhado não pode passar batido pelo litoral que inspira amor. A Praia de los Enamorados fica em Valparaíso e é um point dos casais apaixonados que, além de serem agraciados pela natureza acolhedora, conseguem se sentir à vontade e ter a sensação de intimidade, mesmo ao ar livre. Já imaginou um piquenique romântico com essa vista?

Praia de los Enamorados - Chile

Fonte: Buenas Dicas.

 

Capelas de Mármore

Entre as belezas singulares modificadas pela ação do tempo no solo chileno estão as Capelas de Mármore, na Lago General Carrera, no sul do país. As formações naturais de minerais criaram inúmeros túneis abertos e de cores variadas, banhados com as águas quase transparentes e reluzentes em dias de sol. Esse pedaço do Chile já foi listado como um dos locais mais espetaculares do mundo!

quando viajar para o chile

Fonte: EcoViagem UOL.

 

 

Parque Nacional Lauca

 

Um ótimo e relaxante lugar para se encerrar um passeio com temperatura agradável é o Parque Nacional Lauca, na região de Arica e Parinacota. Lá você encontra o relevo impressionante de dois vulcões gêmeos, conhecidos como Os Payachatas, o Lago Chungará, flamingos que perambulam pela reserva e o rio que deu nome ao Parque, o Rio Lauca. Nada mais acolhedor que terminar um dia fabuloso com uma visão única do anoitecer.

Parque Nacional Lauca - Chile

Fonte: Wikipédia.

 

Lugares imperdíveis do Chile para quem curte as estações mais frias do ano

Além de conhecer territórios sem igual e ampliar a sua bagagem cultural, conhecer um espaço que proporcione visões que só o inverno pode trazer – como a neve – é o objetivo de muitos que se aventuram pela América do Sul. Para te ajudar a alcançar essa meta, separamos três regiões que precisam ser vistas pelo menos uma vez na vida.

 

 

Parque Nacional Torres del Paine

 

Um dos lugares preferidos para quem gosta de acampar e com uma das visões mais incríveis que qualquer um já viu. O Parque Nacional Torres del Paine fica na região de Magalhães e é, sem dúvidas, um dos lugares mais fantásticos do sul do Chile. O Parque, que tem, inclusive, cascatas, parece um cartão postal. Nas épocas mais frias do ano, as geleiras se formam nos cumes das montanhas e deixam a paisagem de tirar o fôlego!

Parque Nacional Torres del Paine

Fonte: Running News.

 

 

Deserto de Atacama

 

Um dos pontos turísticos mais comentados e visitados do Chile é o Deserto do Atacama, que se estende da região norte até a fronteira do país com o Peru. Considerado um dos desertos mais áridos, o Atacama pode chegar tranquilamente a 40ºC durante o dia e a zero graus na noite – por isso as visitas diurnas durante o inverno são mais aconselháveis.

Outro ponto interessante é que são poucas as vilas e vilarejos na região, justamente devido a esse clima tão extremo, sendo considerada uma das menores populações de todo o Hemisfério Sul. Um dos destaques do Deserto do Atacama, além dos oásis, é a Mano del Desierto (Mão do Deserto), ponto de encontro e parada certa para registros de todos que passam por lá.

Deserto Atacama- Chile

Fonte: Louco por Viagens.

Atacama Chile

Fonte: Marko Vizek/Jornal da Paraíba

 

 

La Parva

 

Uma das estações para esquiar, nos arredores da capital Santigo, é a zona de encontro mais impressionante para quem aprecia horizontes vistos de cima: La Parva. Para os esportistas é um prato cheio. São 30 diferentes pistas para se exercitar no esqui, no snowboard e no heli-ski, tudo com o suporte de equipamentos e de infraestrutura do local. Lá você encontra gastronomia e alojamentos como bônus para as belezas que só a neve e o sol, em conjunto, podem trazer. Já se imaginou com uma recordação dessas na memória?    

La Parva Chile

Fonte: La Parva.

A natureza foi extremamente generosa com a região e o Chile é recheado de paisagens estonteantes. Por isso, não importa se é primavera, verão, outono ou inverno, a única certeza é que, com esta lista de sugestões de regiões únicas, sua viagem será inesquecível!

Compartilhe este artigo

Artigos Recentes

Comente!

© 2017 Guia Viajar. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Powered by WordPress · Designed by Theme Junkie