• Menu
  • Menu
Ponte Suspensa de Clifton em Bristol no interior da Inglaterra

3 cidades para conhecer no interior da Inglaterra

Muita gente fala sobre o que fazer em Londres, cidade cheia de atrações para os turistas, mas o interior da Inglaterra também rende ótimos roteiros de viagem.

Durante a temporada em que morei no país (entre maio de 2018 e agosto de 2019), tive a oportunidade de explorar um pouco além da capital e fiquei encantada com 3 cidades inglesas que ficam a poucas horas de Londres:

  • Brighton;
  • Bath/Stonehenge;
  • Bristol.

Hoje vou explicar o que você vai encontrar nestes três lugares no interior da Inglaterra e por que deveria conhecê-los. Acompanhe!

1 – Brighton

Brighton
Fonte: Unsplash

A primeira cidade que eu conheci no interior da Inglaterra foi Brighton, localizada no litoral sul do país. Embora fosse verão, fazia um calor atípico para os padrões ingleses — algo em torno dos 32ºC — e a praia estava completamente lotada!

Isso porque Brighton é uma espécie de refúgio para os inglesas da capital quando as temperaturas sobem muito. Fica a aproximadamente 1h de Londres e é fácil de chegar lá via trem interurbano.

Eu fui sem muitas expectativas e o lugar que me surpreendeu bastante. Não imaginava que existia uma praia tão bonita e badalada na Inglaterra — afinal, o país não é lá muito conhecido pelos destinos de verão.

Brighton
Brighton tem um píer de onde dá para ver toda a extensão da praia. Naquele dia, estava lotada!

Arrisco dizer que Brighton não deixa nada a desejar para outras praias europeias mais famosas. Quando fui, a água estava limpa e calma, e o vento deu uma trégua, deixando o clima ótimo para curtir o mar.

Além disso, eu fiquei encantada com o charme da cidade. Primeiro, porque a praia de Brighton é feita de pedrinhas em vez de areia.

Também tem um calçadão extenso para caminhar e um píer fantástico cheio de atrações (restaurantes, lojinhas, parque de diversões, máquinas de jogos etc).

A arquitetura dos prédios e casas na cor branca e tons pastéis são outra atração à parte. Em alguns momentos, a cidade lembra alguns cenários no litoral sul da França.

Como chegar em Brighton?

Se você estiver em Londres, pegue a linha de trem Thameslink a partir da estação London Bridge ou a linha Southern a partir da estação Victoria.

2 – Stonehenge/Salisbury

Stonehenge não é exatamente uma cidade. Na verdade, é um sítio histórico localizado perto da cidade de Salisbury, a oeste de Londres.

Você já deve ter visto esta imagem antes (abaixo): um gigante semi círculo de pedras no meio de um gramado verde. É uma das estruturas mais famosas e misteriosas da Inglaterra: ninguém sabe exatamente quem construiu nem o porquê.

Stonehenge
Fonte: Michel Fontes

O que se sabe, a partir de investigações de datação com carbono-14, é que a construção é pré-histórica e foi feita em três períodos distintos a mais de 2.000 anos antes de Cristo.

Tem muitas lendas em torno de Stonehenge — há quem diga que era um local usado para rituais e sacrifícios, outros acreditam que era um centro de cura para peregrinos há mais de 4,5 mil anos.

Todas as especulações tornam Stonehenge um lugar um tanto quanto místico, atraindo centenas de curiosos todos os dias. E a beleza do lugar também é ímpar, ainda mais durante o pôr do sol, quando a luz transpassa as pedras.

Na entrada do sítio histórico, tem ainda um museu e réplicas de construções pré-históricas que valem muito a pena conferir.

Como chegar em Stonehenge?

A forma mais fácil de chegar em Stonehenge é alugando um carro a partir de Londres, já que o sítio fica afastado das cidades e estações de trem.

Porém, se você for até a estação de trem de Salisbury (Railway Station), pode pegar um ônibus do Stonehenge Tour para fazer a visitação.

3 – Bristol

Bristol
Fonte: Michel Fontes

Outra cidade no interior da Inglaterra que me surpreendeu muito foi Bristol, que fica ainda mais a oeste em relação a Stonehenge. Aliás, se você tiver com tempo, vale conhecer os dois lugares em um roteiro só.

Eu saí de Londres pela manhã em um Megabus (linha  de ônibus de baixo custo da Europa) e cheguei lá perto do meio-dia, voltando à noite.

Foi o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos da cidade, mas confesso que gostaria de ter aproveitado mais.

Pelo que percebo, dificilmente Bristol entra na rota dos turistas — o que é uma pena, porque a cidade é muito bonita, tranquila e agradável. Tem bastante movimento, muitas pessoas aproveitando os espaços públicos, andando de bicicleta, se exercitando, mas sem a correria e a superlotação de Londres.

Se você for visitar Bristol, recomendo seguir a rota do canal que corta a cidade, conhecendo os parques, bares, pubs e as casas coloridas e charmosas nas margens.

Siga a noroeste subindo a encosta até chegar na Ponte Suspensa de Clifton, que fica sobre o desfiladeiro Avon, de onde você tem um vista incrível para aproveitar e tirar fotos!

Bristol
Fonte: Michel Fontes

Como chegar em Bristol?

Além do ônibus Megabus (que foi minha opção quando fui), você pode chegar até Bristol com a linha de trem GWR, partindo da Estação Paddington em Londres.

Se você está planejando viajar para o Reino Unido, garanto que não vai se arrepender de incluir estas três cidades no interior da Inglaterra no seu roteiro!

Agora, aproveite e confira também quais cidades visitar na sua viagem a Portugal!

Júlia Burg

Jornalista em aventura no marketing digital, redatora de conteúdo e viajante nas horas vagas. Morei um ano e alguns meses em Londres, capital da Inglaterra, e conheci uma porção de lugares incríveis. Agora quero dividir todas as minhas experiências com vocês! :)

Ver história

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.